Coisas bizarras do mundo moderno; Holandês faz abajur com sua própria perna amputada

Um holandês de 53 anos, Leo Bonten, decidiu lutar pelo direito de construir um tipo de abajur LED usando sua perna amputada como suporte, informa o site Mirror. Após conseguir posse de seu membro, Bonten entrou em contato com um designer e com um especialista em conservação. A invenção foi construída e colocada, inclusive, em leilão junto ao eBay por € 100 mil, mas acabou sendo retirada do ar devido à violação das políticas de venda do espaço online.

O acidente que culminou na remoção da perna aconteceu em 2012, ano em que Bonten, depois de ter sido empurrado por um amigo em uma piscina, feriu-se gravemente. O homem passou por inúmeras cirurgias ao longo de dois anos. Uma infecção por bactéria, porém, comprometeu sua perna – o que exigiu a realização de uma cirurgia de amputação.

perna abajour

Assim que a operação não mais era uma opção, Bonten logo teve a ideia de fazer de sua perna um suporte para lâmpada. A intenção do holandês era vender a curiosa peça de decoração e comprar então uma prótese mecânica. “Eu também gostaria de criar uma fundação que ajudasse pessoas que passaram por amputações e ‘mostrando ao mundo’ que nossas vidas não param quando perdemos um membro”, explica.

perna abajour

Importante mencionar que hospitais responsáveis por realizar cirurgias de amputação têm o dever de cremar os membros retirados. Bonten conseguiu o direito de posse sobre sua perna apenas depois de entrar com uma ação bastante particular e rogar, portanto, tal direito. “Sei que nunca vou poder correr novamente, mas o fato é que ter minha perna me ajuda a lidar com a ideia da perda – particularmente se eu conseguir vende-la para comprar uma prótese”, diz.

Wow! A causa foi nobre mas é um tanto esquisita… Quem ai compraria uma perna real abajur para decorar a sala? Bem, como sou redator deste blog, não duvido que tenha alguém que colecione esse tipo de coisa.

fonte.: 1

Tags: , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑